Andar nú pode, mas não pode sentar

Aqui vai uma notícia daquele tipo “Só em San Francisco”; tem um pessoal ( principalmente no Castro), que resolveu andar nú pela cidade. Porque eles fazem isso, é uma coisa que eu nunca vou entender, principalmente porque aqui nunca, mas nunca mesmo, faz uma temperatura que estimule uma  atitude desse tipo. Mas o fato é, que lá vão eles com os corpinhos brancos de fora, mostrar que cada um faz o que quer, que liberdade individual é o valor mais importante numa sociedade e por aí afora.

Imagino que em qualquer cidade normal isso seria proibido. Afinal, cadê o meu direito de não ter que ver coisas que não quero quando ando pela rua? Ah, mas não em São Francisco…

Depois de uma pequena polêmica sobre proibir o nudismo ou não, as autoridades  rapidamente concluiram que é problema andar nú pela cidade. Porém, sentar nú em algum lugar, isso sim, é um problema grande. Afinal, quem garante que todos aqueles bumbums ao ar estão limpinhos? E como ficam os direitos da próxima pessoa que sentar no mesmo lugar  depois? Parece papo de louco, mas é isso mesmo.

A proposta enviada para aprovação, proibe o nudismo em restaurantes e parques públicos, se o nudista não colocar um lencinho no banco ou cadeira antes de sentar. A proposta foi aprovada por 11 supervisore e deve ir pra aprovação final na semana que vem. Leia a reportagem inteira aqui.

Mas, vem cá.. onde eles vão carregar os lencinhos?  🙂  🙂  🙂

3 ideias sobre “Andar nú pode, mas não pode sentar”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *