Chez Panisse aqui no blog

Outro dia vim procurar uma informação aqui no blog, e só então percebi que nunca tinha escrito nada sobre o Chez Panisse .Parece incrível, mas  eu nunca tenha feito um post sobre o restaurante mais famoso  e tradicional  de Berkeley. Vou tentar ser breve, mas o Chez Panisse precisa de um pouco de história, porque o restaurante é  uma instituição por  aqui.

Há 41 anos atrás, Alice Waters, uma californiana típica, estudante de Berkeley, foi passar um tempo na França. Gostou tanto dos restaurantes de lá, que quando voltou pra casa, resolveu abrir um lugar onde os amigos se encontrassem para comer uma comida gostosa, no estilo que tinha conhecido na França.

Ao longo dos anos seguintes, o restaurante deu super certo, e Alice Waters deu iniçio à cozinha Californiana, trabalhando sempre com ingredientes frescos e mais tarde, orgânicos, incentivando os produtores locais e artesanais.

Hoje existem 2 Chez Panisse; o Chez Panisse Restaurante, conhecido com “downstairs” ( andar de baixo) e o Chez Panisse Café, ou upstairs (andar de cima). O Restaurant, bem mais sofisticado que o Cafe, tem um menú com preço fixo, que muda diariamente para o jantar. O menú é anunciado semanalmente no site ou no quadro em frente ao restaurante. A dica é jantar lá no início da semana, quando o preço fixo é bem menor que na 6a ou no sábado. Se bem que, pra quem vem do Brasil, até sábado é mais barato que muito restaurante em São Paulo. O menú fixo custa $ 60 na 2a feira, e $ 95 no sábado. Acrescente à isso, quase 10% de taxa e 17% de serviço, ( sim, eles cobram mais que os 15% normais).

E tem também o Cafe, com um cardápio  mais simples, onde o menú do dia  custa $ 30. Fica super lotado na hora do jantar  (precisa reservar sempre), tem um ambiente super gostoso e a melhor salada do mundo, entre outras coisas.

Jantamos lá na semana passada,e foi uma delícia. Ah, é proibido usar celular ou computador por lá. Não é uma ótima ideia?

Eles não cobram pela água com gás

Minha salada preferida no mundo: com queijo de cabra torradinho. A daqui é a melhor!

Pedi um ravioli com molho de nozes que estava levíssimo. Como pode?

Pedimos uma torta de maçã de sobremesa que estava bem boa, mas a foto não saiu boa.

O Chez Panisse ( o Restaurant ou o Cafe), é um lugar que eu acho que vale a pena atravessar a Baía para conhecer. O Bart deixa você na estação Downtown Berkeley, e aí são uns 6 quarteirões até o restaurante; dá pra andar ou pegar um taxi até lá.

Aqui o link para o que o Ricardo Freire achou do Cafe. E a Fernanda, do Chucrute com Salsicha, que está sempre por lá: No restaurante, e no Cafe.

2 ideias sobre “Chez Panisse aqui no blog”

  1. Angela! Obrigada pelo link. Muito estranho, eu procurei aqui no blog e nao encontrei. Achei bem estranho eu nunca ter escrito nada sobre o Chez Panisse aqui, mas nao apareceu o link. Obrigada. Que bom ver vc ainda por aqui. bj

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *