Novas apps pra usar em São Francisco

Além de todas as apps de viagem que eu (ou melhor, o Thiago)  já mencionei aqui, aqui vão as últimas novidades pra aproveitar São Francisco com toda a praticidade que só um i-phone pode te oferecer. Nunca imaginei falar isso, eu que demorei anos até resolver comprar o meu, mas que agora não vivo sem ele!

São Francisco  é conhecida pelos microclimas. Muitas vezes lugares, que ficam à 10 minutos de distância um do outro, tem temperaturas diferentes, por causa da influência do fog e vento. Para saber a temperatura que está no lugar pra onde você vai, baixe o SF Climates.

Para saber como chegar ao seu destino, use a app 511 Transit. Facilita muito a vida de quem precisa ir de lá pra cá na Bay Area. Não seria ótimo se São Paulo tivesse um serviço assim?

E tem mais uma, um novo serviço de taxi ( mas que não pode ser chamado de taxi, porque não cumpre com todos regulamentos de um taxi comum), que você chama usando a app Uber. O carro que a Uber te manda cobra $8 de bandeirada, e a partir daí, usa o mesmo esquema de cobrança de um taxi comum, sendo que o custo mínimo da corrida é de $ 15. Você precisa ter uma conta e um  cartão de credito em arquivo, para que eles atendam sua chamada. Esse serviço, que foi lançado no Vale do Silício há 2 anos atrás, está fazendo tanto sucesso, que já existe em 20 cidades no mundo.

6 ideias sobre “Novas apps pra usar em São Francisco”

  1. Oi Maryanne, estou em SF nesse momento e esse app 511 é simplesmente fantástico!!!! Aliar esse app ao Skype wifi (que cobre quase toda SF) então, torna a viagem muito mais fácil. Obrigada por sempre compartilhar essas dicas incríveis.

  2. Maryanne, eu é que agradeço o facto de ter contribuído decisivamente para que São Francisco tenha deixado tão boas recordações.

  3. Tiago, muito obrigada pela gentileza e pela paciência de escrever um comentário tao grande. Fico super feliz que São Francisco tenha deixado memorias tao boas em vc e que meu blog tenha colaborado. Grande bj e obrigada.

  4. Maryanne, antes de mais os meus sinceros parabéns pelo excelente blog e o meu profundo agradecimento pelo facto de dedicar horas do seu tempo a transformar o mesmo numa ferramenta, diria, essencial para quem deseja visitar San Francisco.
    Sou Português e há cerca de 3 meses que vinha acompanhando diariamente o seu blog por forma a inteirar-me de tudo a respeito de SF uma vez que ia (já fui) passar umas férias à Califórnia (SF e LA) e a Las Vegas com a minha mulher.
    Estive em SF no passado dia 25.04 a 29.04, e quase todo o meu roteiro foi feito com base nas suas dicas e nos seus fantásticos posts.
    Gostava muito de partilhar consigo e com outros leitores que desejam fazer essa viagem, a nossa experiência.
    Então aqui fica (perdoe-me a extensão dos comentários):
    O que adoramos (vou destacar o principal, já que houve muitos outros pontos que gostei bastante):
    Os vários parques fantásticos para passear e relaxar (destaco o Alamo Square e o Yerba Buena Gardens).
    A geografia da cidade que nos dá as famosas ruas inclinadas.
    O ambiente super agradável e saudável que se vive na cidade (imensa gente a correr na avenida em frente à baía logo às 6am, o andar de bicicleta pela cidade, o desfrutar das esplanadas ao final da tarde, o jantar mais cedinho, etc.).
    O interior do Ferry Building.
    A avenida em frente à baía que nos leva ao Fishermans Wharf.
    O passeio desde Washington Street (partindo do Park Lafayette) até ao Alta Plaza Park e olhar as vistas desde o cimo da Pierce St..
    Sausalito.
    O que jamais esquecerei:
    Twin Peaks e a sua paisagem esmagadora (apanhei o autocarro 37 em Castro para ir até lá e depois de lá chegar tive ainda que subir umas escadas numa ravina que nos levou às famosas Twin Peaks).
    A mítica ponte Golden Gate (é ainda mais bonita ao vivo).
    O passeio de bicicleta desde o Fishermans Wharf até Sausalito, passando, claro está, pela Ponte Golden Gate, conforme descrito por si no seu blogue. Não há palavras que possam descrever a sensação de prazer que é fazer este passeio. Simplesmente não há. Ponto. E acabar o mesmo em Sausalito, parando para descansar e comer um hambúrguer num banquinho em frente á baía com vista para SF é algo de único. Diria que este passeio é imperdível e inesquecível (sobretudo em dia de sol). E jamais esquecerei os campos de relva em frente à praia cheios de crianças jogando a bola e divertindo-se e as inúmeras pessoas que nos acompanham de bicicleta neste mesmo passeio.
    Restaurantes que gostei muito:
    Seven Hills
    Perbacco
    Slanted Door
    Pizzaria Delfina
    Restaurantes que não gostei:
    Gary Danko (muito caro, muito ruidoso e pratos que achei demasiado pretensiosos).
    Sobre LA, deixarei amanhã os meus comentários. Quanto a Las Vegas nem preciso, pois acho que não iriam gostar do que tinha para dizer:))
    Obrigado por permitir partilhar estas lembranças.

  5. oi…. muito boas as dicas… uma dúvida: o que me diz em relaçao ao hotel Mark Tawin? Localização e geral… na 345 Taylor St…???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *