Café legal na Marina:The Grove

Acho que um problema que os brasileiros que moram aqui encontram, é que quase não existem lugares pra gente bater papo e jogar conversa fora. Sabe como no Brasil fazemos com um café e um  pão de queijo, ou num boteco tomando cerveja? Não dá pra fazer isso aqui, o garçom te joga pra fora.

Hoje fui encontrar uma amiga pra bater papo, e escolhemos um restaurante com uma cara bem boa, na Marina. Mal chegamos e a garçonete já veio perguntar o que queríamos, depois de falar umas 5 vezes que ainda não tinhamos decidido, decidimos pedir uma entrada. Logo depois, lá veio ela de novo, e como, naquele momento, não queríamos mais nada, trouxe a conta e pronto. Não dá né?

Foi aí que encontramos o super simpático café The Grove, numa esquina da Chestnut Street, a rua de comércio da Marina. Lá encontramos uma mesinha de canto, e ficamos felizes batendo papo e esperando a fome bater. Aí pedimos uma sopa e sanduíches bem gostosos. Eles também servem café da manhã, saladas e alguns pratos rápidos.

frente

foto web, sem crédito

Acabei de descobrir que eles tem outros endereços na cidade, inclusive um perto da Union Square ( 690 Mission Street), mas dúvida que tenha o astral da filial da Marina.

salada

foto web, sem crédito

The Grove Café: 2250 Chestnut Street -Marina de SF

3 ideias sobre “Café legal na Marina:The Grove”

  1. Ah tá, é porque quando vc colocou “Sabe como no Brasil fazemos com um café e um pão de queijo…?”, aí pensei que vc também estivesse falando dos cafés… até hoje eu não tive um desses almoços demorados por aqui, por isso não sabia dessa… rsrsrsr Bom saber!!!! Beijos

  2. Oi Fernanda, os cafes sao otimos, o que nao dá é pra ficar horas em restaurante. Sabe aqueles almoços no Brasil, que demoram 2/3 hs com uma amiga? Aqui nao da’pra fazer isso, pq o pessoal te poe pra fora, els querem circulacao nas mesas. Será que nao fui clara no post? Era isso que eu queria dizer. bj

  3. Oi Maryanne, eu não tenho essa mesma impressão, muito pelo contrário. Em quase todos os cafés que eu vou pela cidade (e olha que eu vou bastante, pois um dos meus programas preferidos é sentar com alguém – nem que seja o iphone, rs – pra tomar um café e bater papo, nem que seja virtual) tem uma penca de gente sentada, usando os seus notebooks e provavelmente o wi-fi do lugar com nada ou um cafezinho na frente. Em alguns cafés, como o Peet’s e o Starbucks do Laurel Village, em Laurel Hights, tem inclusive sempre as mesmas pessoas sentadas nos mesmos lugares e seus notebooks. Nos cafés perto do City College onde eu estudo, (Hayes x Masonic) mesma coisa. No La Boulange da Marina, Union Street, idem. Cito esses lugares pois são os que eu vou com uma certa frequencia. Sempre percebi isso e sempre achei muito simpático isso em São Francisco.
    Mas veja, citei só cafés tipo lanchonete, será que está aí a diferença? Onde serve almoço eles são mais intolerantes? Vou começar a reparar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *