Programa de bicicletas compartilhadas chega em São Francisco

Várias cidade do mundo já aderiram; Paris  foi pioneira, e até  São Paulo chegou na frente de São Francisco. Demorou, mas o conceito de compartilhar  bicicletas, alugadas por curtos períodos, finalmente chegou aqui, com o Bike Share. Mais do que a vontade de conhecer a cidade de uma forma alternativa, barata e não poluente, o ciclista de São Francisco tem que ter fôlego, pernas fortes e um bom mapa nas mãos, pra evitar ao máximo as famosas subidas da cidade.

Foto: bayareabikeshare.com

Foto: bayareabikeshare.com

O programa, que  começou somente 2 semanas atrás,  já é um super sucesso, com pedidos pra que se aumente o número de 350 bicicletas na cidade. Os organizadores do programa esperam chegar até 2.000 bicicletas num futuro próximo.

São 35 estações na cidade, com um quiosque pra você se associar lá mesmo. Os preços são $ 9 pra 24 horas, $ 22 para 3 dias e$88 para o ano todo. Uma vez dentro do programa, você pode usar a bicicleta quantas vezes quiser, em períodos de 30 minutos cada, usando um código eletrônico pra destravar a bike. Também é cobrado um depósito de $ 101 como seguro. Clique aqui para ver o mapa das estações. 

9 ideias sobre “Programa de bicicletas compartilhadas chega em São Francisco”

  1. Oi Cau, essa bike nao fucniona pro passeio da ponte. O objetivo da cidade é que as bicicletas sejam usadas pra trasnporte rapido. De um ponto ao outro. Tem uma multa alta se vc enteega depois de meia hora, pq descaracteriza o programa. Bj, M

  2. Olá, Maryanne!!! Super interessante a implementação desse programa! Usei em Paris e achei sensacional!

    Um questão: Andei pesquisando no site e vi que a bicicleta é liberada através de códigos e o tempo máximo de permanência com o mesmo código é de apenas 30min… Eu andei pesquisando as várias empresas para aluguel de bike e os preços são bem díspares… eu quero mto fazer o passeio cruzando a Golden Gate até Sausalito e é claro que buscamos o menor custo…

    O preço das bikes compartilhadas é mto mais atraente pelo que vc demonstra, mas esse depósito e o tempo de permanência com a bike foram pontos de atenção…

    O que vc sugere?

  3. Oi Alessandra, que legal que vcs já comentaram sobre as bikes. Obrigada pelo comentario sobre o tour. Vou lá no Frances e depois eu faço um post. Bj pra vcs

  4. Tivemos a oportunidade de utilizar essas bikes, pois assim que chegamos em San Francisco tinham acabado de implementar.

    Foi incrível, além de ser um passeio delicioso, o transito é civilizado, pelo menos na região central que andamos foi bem tranquilo.

    Além de bem localizadas, são diversas estações então é fácil fazer o check in.

    Aproveito para agradecer a atenção que tivemos da Maryanne e o passeio incrível que nos proporcionou a Napa Valley. Com certeza, foi a melhor maneira de conhecer as vinícolas e região de Napa. Foi TOP! Amamos e já indicamos para diversos amigos.

    Obrigada Maryanne!

    PS_ o Frances é demais! Adoramos!

  5. Oi Maryanne, parabéns pelo blog! Tenho muita vontade de conhecer São Francisco por causa do empreendedorismo da região. Para isso, criei o Silicon Project, que é o projeto de um documentário que quero gravar por ai. Seu blog vai me ajudar bastante com informações da cidade! Beijos e até qualquer dia ai em SFO 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *