Novo SFMOMA em uma palavra: Perfection!

Quem me acompanha aqui sabe que eu não gostava nada do antigo SFMoma; achava que tinha uma coleção beirando o medíocre para uma cidade como San Francisco. Então, vocês não imaginam minha alegria e orgulho ao conhecer o novo SFMoma, que abriu semana passada aqui. O museu é lindo, o acervo é maravilhoso, o jardim das esculturas é D +, o restaurante do pátio é uma delícia, o lobby da entrada é ensolarado e as exposições temporárias são interessantes. Perfection, enfim!

DSC06614_Fotor

O novo SFMoma tem 3 vezes mais espaço que o anterior, e sua expansão aconteceu depois de ter recebido a coleção de arte de Doris e Donald Fisher. Ele, dono da Gap ( fundada em San Francisco), morreu em 2009 e deixou sua coleção emprestada para o museu por 100 anos. É impressionante imaginar que um casal possuia toda essa infinidade de obras de arte que ficavam dispostas nas paredes dos escritórios da Gap ou na casa deles.

DSC06629_Fotor

Fui visitar o museu na semana passada com a Mari, outra blogueira que mora aqui em San Francisco. Nós duas  fomos convidadas pelo SF Travel e fomos super bem tratadas. Os funcionários do museu estão muito bem treinados e foram todos muito gentis conosco. Eu usei o Bart (estação Powell St.)para chegar lá pois sabia que a visita seria demorada e os estacionamentos ao redor são caros. Quando chegamos às 10 da manhã o museu já estava com movimento, mas ainda tranquilo.

Começamos pelo 1º andar  onde fica uma parte da área gratuita do museu  Se você estiver passando e quiser só dar uma olhadinha, pode entrar e curtir o lindo painel azul e branco de  Let Sol LeWitt’s e a gigante escultura em ferro de Richard Serra. Ficamos dando voltas na escultura, fotografando e batendo papo um bom tempo.

DSC06598_Fotor_Fotor

De lá fomos para o 2º andar onde ficam as galerias onde nos concentramos. Ficamos entre 2 a 3  horas nessa parte do museu, nos deliciando com pinturas e esculturas desde 1900, com uma parada para um café e água no Café  Sighglass, no 3º andar.

DSC06622_Fotor

DSC06644_Fotor

O audio tour ajudou muito  pois ele conseguiu transformar quadros que não pareciam interessantes em obras de arte. As descrições são muito boas (na maioria das vezes) e vale muito a pena usa-lo. Ele tem recursos super moderno e GPS, que mostra os quadro importantes que estão ao seu redor, sem necessidade de ficar acompanhando nenhum tour específico. É barbaro! Além de poder sincronizar com o do seu acompanhante para os dois escutarem a mesma coisa.

DSC06624_Fotor_Fotor_Collage

Ficamos muito tempo nessa parte do museu e quando percebemos, já era quase 1:30 da tarde, hora de almoçar. Procuramos pelo restaurante In Situ, mas descobrimos que ainda não está aberto ( abertura prevista para 28 de maio). Nos recomendaram o café no 5º andar, o Café 5, que  fica num espaço com um jardim com algumas esculturas e mesas ao ar livre. Pedimos um almoço rápido, tipo sopa e salada pois queríamos continuar a ver o que faltava. Adorei a sobremesa, que apesar de não ser super gostosa, era inspirada em um quadro de arte moderna.

DSC06693_Fotor

DSC06666_Fotor

Depois do almoço fomos ate o 7º andar e começamos a descer. O ideal seria fazer isso com calma, porém faltou tempo nesse dia. Fomos descendo e prestando atenção no que chamava nossa atenção. Foi difícil fazer essa descida em pouco tempo, pois tudo chamava atenção.

DSC06730_Fotor

DSC06732_Fotor

Fiquei lá das 10 da manhã às 3:45 da tarde; não lembro nunca de ter ficado tanto tempo dentro de um museu e não vi tudo que queria ver. Se você está visitando San Francisco e tem somente algumas horas, recomendo muitíssimo que você reserve uma tarde para conhecer as galerias do 2º andar e o jardim de esculturas. Se você mora aqui ou vem bastante pra cá, use o audio guide pra conhecer o museu no seu ritmo, ou acompanhe os tours que saem a cada hora em cada parte do museu. A app dp museu será lançada em breve, o que também deve facilitar bastante a visita.

DSC06656_Fotor

Para visitar o museu, compre as entradas com hora marcada nesse link aqui. A entrada para adultos custa $ 25.

Galerias abrem diariamente das 10am às 5 pm – Às 5as feiras, o museu fica aberto até as 9 da noite.

SFMOMA – 151 Third Street

6 ideias sobre “Novo SFMOMA em uma palavra: Perfection!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *