5 dicas para viajar melhor

Procurando dicas de como viajar melhor? Aqui vão 5 truques que uso para melhorar um pouquinho as longas horas passadas dentro do avião, viajando na classe econômica.

 

mundo

 

1 – Escolhendo o seu assento:

Eu sempre quero ter o assento ao meu lado vazio, por isso  nunca, mas n-u-n-c-a mesmo, escolho sentar nas fileiras da janela. Primeiro porque eu não consigo entender a atração que a janela exerce sobre as pessoas durante um voo noturno. E segundo, porque as fileiras do meio do avião sempre são mais vazias. A maioria dos aviões tansatlânticos hoje tem a configuração 3-3-3. As letras seriam A-B-C, D-E-F, G-H-I, certo?

Então, comece escolhendo as poltronas D ou E ( preste atenção nas letras, pois mudam em algumas configurações). Se estiver viajando sozinho, talvez a fileira do meio fique vazia, porque afinal, quem gosta de viajar no meio do meio? Se estiver viajando com mais uma pessoa, escolha as poltronas D-F, porque assim a poltrona do meio ( E) ficou vazia, espremida entre 2 assentos já tomados. A chance de alguém sentar ali é pequena, a não ser que o avião esteja lotado. E se alguém se sentar, você pede pra trocar com a pessoa que está viajando com  você, para que os 2 continuem juntos. Mas se der sorte, vocês 2 viajam confortavelmente em 3 lugares.

 

2 – Banheiros:

Esqueça a supelotação dos banheiros do meio da cabine do avião. Muita gente esquece que eles também existem na parte traseira. Já cansei de andar até o fundo e encontrar todos vazios, enquanto a fila continua longa no meio do avião. A melhor hora de usar os banheiros é após as refeições serem servidas, enquanto os comissários estão tirando os pratos e arrumando a cabine. Normalmente as pessoas esperam o trabalho terminar para daí levantar. Essa hora e antes da aterrisagem são os momentos de pico nos banheiros.

 

Foto United Airlines

Foto United Airlines

 

3 – Para dormir melhor:

Sempre tenha com você uma máscara para vedar a luz, tampão pro ouvido ( o melhor mesmo é um headphone, mas tampão já ajuda) e um travesseiro pra apoiar a cabeça. Também gosto de ter um batom pra umedecer os lábios, que ficam super secos dentro da cabine. Sou friorenta, então sempre levo  um sueter ( mas não um casacão que é desconfortável pra dormir) e meia.

 

Coloco essa bolsinha dentro da mochila e tenho tudo à mão.

Coloco essa bolsinha dentro da mochila e tenho tudo à mão.

 

4 – Comida:

Para mim as refeições a bordo são a pior coisa e só perdem para o desconforto de dormir sentada. Ultimamente tenho aprendido que um sanduíche comprado fora do avião  pode mudar muito meu humor, principalmente se deixar pra comê-lo de manhã, depois daquela noite mal dormida e aquele gosto ruim que fica na boca. Começar o dia com um suco de laranja do avião e um sanduiche com um pão gostosinho e queijo ou presunto tem um sabor muito melhor que aquele pão gelado que insistem em servir nos cafés da manhã. Alias, alguém sabe dizer porque os pães de avião sempre são gelados?

 

5 – Fugindo do fuso:

Semre tive problema pra dormir no avião, por isso sempre achei melhor tomar alguma coisa pras horas passarem mais rápido. A opção mais simples é Dramim, ou qualquer remédio para enjoo. Eles normalmente te garantem ums 4 horas de sono. Para saber qual o melhor  horário pra cair no sono, eu vejo qual o horário do destino. Por exemplo, voando do Brasil pra França às 3 da tarde? Lembre que em Paris já são 8 da noite. Quando for umas 5, no máximo 6, no seu horário, já está na hora de dormir. Assim quando você chegar de manhã, vai conseguir aguentar um bom pedaço do dia em pé. Essa formula me deixa bem até umas 7 da noite do dia que cheguei. Daí é despencar na cama para acordar no fuso , no dia seguinte.

 

Gostou? Tem alguma outra dica boa? Conta pra mim?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *