Restaurante brasileiro no centro da cidade

Não sou de procurar restaurante brasileiro pra ir aqui em São Francisco, não sinto tanta falta, porque acabo indo bastante pro Brasil e morro de comer as coisas que gosto quando estou lá. Mas na outra noite  fomos ao SFJazz Center ( aliás, um ótimo programa), e passamos ao lado de um restaurante brasileiro, e daí não deu pra resistir.

O restaurante é o Minas Brazilian Restaurant – Cachaçaria, e o nome faz jus ao melhor que experimentamos lá, a caipirinha. Primeira e única caipirinha que tomei fora do Brasil que lembrava muito o sabor da original. Cachaça boa, limão e açucar no ponto e não aquela mistura sem pé nem cabeça que fazem aqui ( juro, já tomei “caipirinha”aqui que era mojito). Outro campeão do Minas Brazilian foi a mandioquinha frita, uma delícia, sequinha e crocante nas pontas, bem do jeito que eu gosto.

O frango a passarinho estava bem ruim, com pedaços enormes de frango com muito óleo, e o pão de queijo, apesar de demorado ( 20 min), era feito na hora com receita caseira mineira. Eles oferecem feijoada aos sábados que ainda não tive chance de experimentar.

cachacaPeça um garçom que fale português, acabei pegando a única garconete americana do lugar, que não entendia nenhum dos nomes dos pratos e acabou fazendo a maior confusão com o nosso pedido.

41 Franklin Street ( atrás do Civic Center)

Publicado em California, Programas pra locais, Restaurantes em SF, São Francisco, Uncategorized | 2 comentários

Estudando em Stanford

Assessoria Estudantil – Texto e fotos  por Waldana Helin, parceira do Hotel California Blog.

Nesse post a Waldana conta um pouco como estudar em Stanford, a Universidade que fica no coração do Vale do Silício. E pra vocês que curtem tecnologia, logo logo o Hotel California Blog vai lançar um tour pra lá. Aguardem!

Falamos anteriormente sobre estudar na UC Berkeley. Pois saiba que esta oportunidade se extende para a Stanford University. Para quem conhece pouco sobre a univerdade, saiba que a Stanford University é considerada umas das cinco universidades americanas de maior prestígio do mundo. A instituição é referência em tecnologia, além de ser conhecida como a universidade dos empreendedores, pois seus ex-alunos e professores fundaram grandes empresas que estão presentes na região, entre elas: HP, Google, Yahoo e Nike. Na década de 1970, a instituição era uma das percursoras da internet fazendo parte do sistema ARPANET. Se você admira o que se tornou o Vale do Silício hoje e lê sobre o tema, vai entender que o Vale só é o Vale do Silício, devido a presença e o apoio de Stanford.

s3

Localizada na região de Palo Alto, na Califórnia, Stanford atrai as mentes mais criativas e impulsiona a criação de dezenas de startups de tecnologia a cada ano. Professores e ex-alunos já ganharam 29 prêmios Nobel, e atualmente 22 vencedores da premiação dão aulas na universidade, além disso outros 19 professores receberam o prêmio Turing, considerado o Nobel da computação.

Stanford é presença garantida nos maiores rankings de qualidade da educação e considerando todos estes méritos, muitos recrutadores frequentam o local em busca dos melhores talentos. Fazer parte deste time, é uma forma de garantir um futuro promissor. Saiba que os alunos que frequentam o curso de graduação, mestrado, doutorado e afins não são apenas pessoas ou bolsistas ou com alto poder aquisitivo e todos realmente dedicados, pois o processo de aceitação é bastante rigoroso e os alunos tem as melhores pontuações em todos os testes de avaliação. Se você tem um amigo que está lá, pode tirar o chapéu para ele.

s2

Atualmente Stanford conta com 16 mil alunos sendo que cerca de 7 mil cursam graduação e 9 mil frequentam cursos pós graduação, sendo que aproximadamente de 900 estudantes são estrangeiros. Destes, 97% vivem dentro do próprio campus.

Mas a parte mais legal é que mesmo sem ser o aluno mais cdf da turma ou ter nascido em “berço de ouro”, a universidade oferece programas de curta duração com custo bem acessível. Para se ter ideia, um curso de 6 semanas custa aproximadamente $375, e aí claro, os valores variam conforme o período, que pode ser de 1 dia, 1 fim de semana, ou de 1 á 10 semanas. É uma oportunidade de vivenciar um pouco da cultura das universidades americanas e conhecer pessoas brilhantes como os professores de Stanford, diversos empresários, CEO’s e colaboradores que fazem parte do Vale e que frequentam estes cursos de apeiçoamento. É excelente para fazer contatos.

s1

Trata-se dos programas do Stanford Continuing Studies. Arqueologia, artes, fotografia, design, idiomas, história, música, ciências, religião, literatura, finanças, marketing, liderança, administração, negociação, projetos, comunicação, tecnologia e até desenvolvimento pessoal. Seja qual for sua área de interesse, tem um curso relevante  para contribuir com a sua carreira e destacar seu currículo. Vale a pena conferir!

Já para aqueles que não tem como frequentar Stanford, verifiquem os cursos gratuitos e online que são excelentes e contam com alunos do mundo todo.

Quer saber mais? Veja o blog acontece no Vale ou envie um e-mail para contato@acontecenovale.com.

Publicado em California, Estudos, São Francisco, São Francisco de carro, Vale do Silício | 1 comentário

Creme para o cabelo nota 10

Adoro quando vou cortar o cabelo e fazer luzes no Brasil, e minha cabelereira me dá mil dicas de cremes pra comprar aqui. Sabe aqueles produtos que os cabelereiros cobram um absurdo por um pouquinho, que mal suja a mão? Pois é, aqui geralmente eles são baratinhos aqui. Você muito provavelmente vai pagar menos pelo tubo de creme inteiro, do que você passou por aquele pouquinho no cabelereiro chique da sua cidade.

A última dica que eu adorei foi o SH-RD Protein Cream. Eu deixo o cabelo secar um pouquinho, e daí passo só nas pontas antes de fazer escova. Se você tem cabelo mais crespo, ele funciona também como um leave-in. Meu cabelo fica super sedoso, com bastante brilho e um cheiro delicioso.

hair cream

O nome técnico dele é Esuchen N.P.P.E Sh-Rd Protein Cream 5.1 oz, eu comprei na Amazon, e custou $ 30.

Publicado em California, Produtos interessantes, São Francisco | Deixar um comentário

#sfwifi, junto com o Google

Ano passado,  a cidade recebeu do Google, ilustre  vizinho que tem sede no Vale do Silício,  uma doação de $ 600.000 para criar uma rede wi-fi pelos parques da cidade. O lançamento foi hoje, como servicó abrangendo 30 parques . Até o ano que vem, os 2 parques que atualmente estão em reforma também terão o acesso gratuito permitindo aos seus frequentadores o uso da rede wi-fi da cidade. Não é muito legal isso?

Para conectar, você escolhe a opção #sfwifi” no seu computador, telefone ou I-pad. Não é necessário senha.

#sfwifi

Você encontra no mapa acime a lista das praças e parques públicos com wi-fi disponível.

Publicado em California, São Francisco, Sao Francisco a pé, Vale do Silício, Vida nos EUA | Deixar um comentário

De bike em Monterey, 17 Mile Drive e Carmel

Já tenho vários posts aqui sobre passeios de bicicleta testados e aprovados. O mais legal de todos é definitivamente o que sai do Fisherman’s Wharf e vai até Sausalito, passando pela Golden Gate, que está contado em vários desses posts aqui. E tem também um menor que sai de Sausalito e vai até Tiburon, podendo ser esticado até São Francisco também, os detalhes estão nesse post aqui. Hoje vou falar de outro passeio de bike, de Monterey até Carmel; mas esse eu não fiz. Enquanto os outros são mais lights, esse aqui é pros fortes, e eu não me encaixo nessa categoria. Fiz o trecho de carro, será que vale?

Aqui vai o mapa geral do trajeto. O aluguel da bicicleta fica no Fisherman’s Wharf de Monterey, e o caminho até Carmel passa pela 17 Mile Drive. Essa é na minha opinião, a parte difícil, pois tem muitas subidinhas e descidas.

map bike carmel

O caminho todo de Monterey até Carmel tem 55km, e o próprio site da Blazing Sadles calcula 4 horas, o que na minha opinião é pouco. Pelos passeios que já fiz, acho que 6 horas seria um chute mais correto. Mas se você quiser conhecer quase toda a 17 mile drive, acho que o passeio até Pebble Beach vale mais a pena. São só 38km, e o site calcula 2,5 de pedalada.

Se você gosta de andar de bike, mas não é super esportista, acho uma boa alugar uma bike só pra passear por Monterey e Pacific Grove ( a cidadezinha que fica entre Monterey e Carmel). Dá pra alugar a bike por uma 1 hora ou duas e ficar ali só curtindo o visual da praia e da calma cidadezinha a beira-mar.

Quer roubar um pouquinho? Alugue uma bicicleta elétrica e vá e volte de Carmel rapidinho. Único inconveniente é que o aluguel custa o dobro.

Custo do aluguel das bikes é de $ 8 por hora ou $ 30 pelo dia. Não é necessário fazer reserva. Quem topa?

Publicado em Bicicleta, California, Carmel, Monterey, Programas pra adolescentes, Programas pra crianças, Programas pra locais, São Francisco, São Francisco de carro | 8 comentários