49 mile drive: como usar

Americano adora uma rota temática. E é impressionante como um nome poderoso pode fazer diferença. Já passei numa parte da Route 66, que era no meio do nada (perto do Grand Canyon), mas todo mundo estava achando o máximo porque, afinal, era parte da Route 66. E tenho que confessar que eu também não resisti e acabei tirando aquela foto básica, em baixo da placa da rota. Como não podia deixar de ser, experiências semelhantes não faltam na California. Em Carmel tem a 17 mile drive, maravilhosa! Lindissíma, e você consegue ver em 1/2 dia. E em São Francisco tem a 49 mile drive. Mas aí, você pensa: 49 milhas? Isso não é muito? Resposta: sim, é muitissímo. Não dá pra fazer essa rota em 1 dia, nem em 2.

placa-49

Fazer a 49 mile drive

A 49 mile drive passar por todos os pontos interessantes da cidade,  mas o grande problema dessa rota é que ela é toda sinalizada pra ser feita de carro. E carro em cidade grande é igual a trânsito. Não dá pra passar um dia ou dois dentro de um carro, mesmo que seja pra conhecer a cidade.

Então, como fazer pra aproveitar?

Minha primeira recomendação é que só se faça essa rota se você vai ficar bastante tempo na cidade. Acho que meu irmão e minha cunhada aproveitaram essa rota de um jeito muito legal.  Como eles passaram 4 meses em São Francisco em 2006, eles dividiram todas as 49 milhas em pedacinhos que eles consideravam interessantes.

Então, eles esperavam aqueles lindos dias de final de verão e de outono ( que tivemos aos montes em 2006), e saiam pra passear pela parte escolhida. Passavam a tarde explorando um pedacinho da cidade com o mapa na mão. Dependendo da parte, íam de carro ou a pé mesmo.

Pra quem tem pretende ficar menos de 2 semanas na cidade, procure outra alternativa. Senão a única coisa que vai dar pra lembrar na volta, vai ser o barulho da porta do carro abrindo e fechando.

2 ideias sobre “49 mile drive: como usar”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *