Napa

Quais as vinícolas do filme Entre Vinho e Vinagre?

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

O filme Entre Vinho e Vinagre acabou de ser lançado pela Netflix no Brasil. As filmagens na região de Napa destacam vinícolas e cidades que você vai querer conhecer. Vamos saber quais são?

filme Entre Vinho e Vinagre

O filme Entre Vinho e Vinagre

Antes de mais nada, preciso dizer que achei o filme muito fraco. Por isso não recomendo à ninguém que o assista procurando uma história interessante ou um enredo emblemático. Não, Entre Vinho e Vinagre não tem nada disso. Muito pelo contrário, a história é previsível e sem graça. Mas, as paisagens são muito bonitas e o filme consegue mostrar lugares ainda desconhecidos de Napa. Então, se você está pensando em fazer uma viagem ou degustação em Napa, recomendo que assista para entender um pouco do que te espera.

As vinícolas do filme Entre Vinho e Vinagre

As seis amigas que comemoraram os 50 anos de uma delas chegam à Napa com a mesma dúvida da maioria das pessoas – Quais as vinícolas que devo visitar? Elas alugam uma mansão para o final de semana pelo Airbnb ( ótima opção para grupos) e saem por aí com o motorista/chefe e outras coisas mais, que veio com a casa. Atenção: nunca beba e dirija. Tem muita polícia e nenhum turista quer se encrencar com um DUI ( driving under the influence).

filme Entre Vinho e Viangre

Artesa Winery

A Artesa é uma das vinícolas mais bonitas do vale com suas fontes e vistas inspiradoras. A vinícola não exige reservas e fica muito perto de San Francisco, na região de Carneros. Já estive lá fazendo uma degustação e garanto que não nada a ver com o que foi apresentado no filme.

Um dia em Carneros, com a Artesa Winery

A seleção de vinhos para a degustação ( a partir de $ 35) é bem harmoniosa, a vista é linda e a experiência perfeita. Portanto, eu super recomendo sempre.

filme Entre Vinho e Viangre

Baldacci

Em princípio eu não sou muito fã de vinhos orgânicos. Consumo muitos produtos orgânicos, porém vinho não é um deles. Por isso eu nunca visitei a Baldacci, que fica na Silverado Trail ( número 6236). Ainda que vinhos orgânicos não sejam uma opção para mim, certamente concordo com a idéia de visitar vinícolas bem diferentes durante a estadia em Napa. Durante o tour que faço em Napa, sempre procuro incluir uma vinícola mais antiga, uma vinícola mais moderna e uma que eu sinta que vai agradar, independente do status. Como resultado, a experiência do dia fica mais completa e a pessoa conhece áreas diferentes do Vale.

No filme a Baldacci tem o nome fictício de Morgan Jorng Winery e a dona é daquelas nerds orgânicas, obsessivas até com o nome da vinícola, que deve soar forte, como a natureza.

Para visitar a Baldacci é preciso fazer reserva para uma das degustações diárias que acontecem às 10am e 2pm e custam entre $ 50 e $ 75. E, ao contrário do que acontece no filme, é proibido entrar nos vinhedos.

Quintessa Winery

A terceira vinícola que aparece no filme é a Quintessa, em St Helena. Essa é uma das vinícolas que tem uma daquelas vistas espetaculares, mas que também cobram bem por isso. A degustação feita pelas seis amigas do filme custa $ 150 por pessoa. Entretanto é possível degustar 3 vinhos entre as 10am e 3:30pm, por $ 70 por pessoa. Por certo, essa seria minha recomendação na Quintessa. Não esqueça de fazer sua reserva .

filme Entre Vinho e Vinagre

Tour em português

Quer conhecer a região comigo? Eu recomendo as vinícolas e levo vocês para um dia inesquecível em Napa. Veja os comentários aqui.

Deixe um comentário

avatar
  Assinar  
Notificar de