Mundo

Guggenheim Bilbao não é como o Guggenheim NY

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Aeroporto de Bilbao, noite chuvosa, nós dois exaustos, motorista de táxi quieto. – Hotel Carlton, por favor; – Vale. Silêncio total por uns 15 minutos, observando a nova cidade, a estrada molhada e a noite escura. De repente, na saída de um túnel do nosso lado direito, Ele aparece. E o motorista que até aquele momento, parecia nem respirar de tão quieto, lê nossos pensamentos e fala todo animado: – O Museu Guggenheim Bilbao! Que lindo!

E aí foi um tal de oh,ooh,oooh. Porque a visão do Guggenheim Bilbao  à noite é uma coisa linda mesmo. Se você esquecer que está em Bilbao, pode de repente, achar que está em algum lugar num futuro bem bem distante. O museu à noite parece uma grande nave ancorada, toda iluminada, dando a impressão de que todos os marcianos estão em ritmo de trabalho intenso.

O Guggenheim Bilbao

Já de dia, a visão é totalmente diferente, e muda a cada  ângulo. Mas a idéia de um navio presvalece, propositalmente desenvolvida pelo arquiteto pra lembrar o valor que a navegação tinha pra cidade. As placas de titânio são absurdamente lindas, e lembram escamas de peixe quando vistas bem de perto.

Passeei pelo lado de fora do museu por mais de 1 hora, antes de resolver entrar. Depois percebi que fiz a coisa certa, pois não sei porque, acabei não pesquisando sobre esse museu. Achei que como conhecia e gostava do Guggenheim de Nova York, o daqui seria igual. Não é bem assim. O prédio aqui  é o museu. O  Guggenheim Bilbao  tem só 3 andares, sendo que um estava fechado, um tinha uma exposição de uma artista japônes muito sem graça pro meu gosto( parecia coisa do Pokemon), e no outro andar eles expõe um tipo de arte que não tem nada a ver comigo. Eu gosto bastante de um museu tradicional, não fico horas lá dentro, mas curto bem. Não gosto de salas enormes com blocos de aço que se relacionam com o tempo e etc etc, ou filmes longos em salas escuras.Não curto.

Então, continuo achando que vale a pena vir até Bilbao sim, a cidade não tem só o Guggenheim,  e ainda fica no caminho de lugares como San Sebastian.   Programe 1 dia e meio na cidade ( que não seja 2a feira), fique num hotel perto da Plaza Federico Moyua, que dá pra conhecer tudo à pé,  e aproveite.

gugg-11web

gugg-2-web

gugg-3web

gugg-4-web

gugg-5web

gugg-6web

gugg-6vweb

2
Deixe um comentário

avatar
  Assinar  
o mais novo mais antigo
Notificar de
Carmen
Visitante
Carmen

Lhe dou os parabéns pelo post ! Certamente é incrível e maravilhoso! Uma mirada linda.