São Francisco

4 dicas para gastar menos em São Francisco

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Viajar é bom, mas viajar com luxo gastando pouco é melhor ainda. O New York Times fez uma reportagem sobre como gastar menos em viagens. O jornal dá dicas para gastar menos em cidades como Londres, Paris, São Francisco, Singapura e Sidney. Vou dividir com vocês as dicas deles sobre gastar menos em São Francisco.

Cheesecake Factory

Evite as convenções

O jornal começa com a dica que eu sempre dou e aviso todos os anos: evite se hospedar na cidade durantes as grandes convenções. O Moscone Center é palco de inúmeros eventos e cada vez que tem um evento grande na cidade, os preços dos hotéis chegam até a triplicar.

Setembro e Outubro são os meses mais disputados pelas grandes empresas. Entre 15 e 19 de setembro de 2019, a Oracle Open World despeja na cidade 60.000 visitantes de uma vez só. Considerando que a população de São Francisco é de 800.000 habitantes, é quase 10% mais gente. Adivinhem o que acontece com os hotéis de todos os niveis?

Igualmente de 19 a 22 de novembro é a vez da Sales Force fazer seu evento anual, que ano passado teve mais de 100.000 pessoas. Impossível se hospedar por menos de $ 500 na cidade.

Por isso, evite a todo custo as datas de grandes eventos. porque todos os hotéis ficam mais caros. O hotel que custava $ 400 a diária, vai para $ 1.200 e o hotel que custava $ 150, vai para quase $ 500!

dicas para gastar menos em São Francisco
Moscone Center. Foto: moscone.com

Alugue um apartamento pelo Airbnb

O jornal aconselha as pessoas a procurarem hotéis menos conhecidos e locais, ao invés de se hospedar em cadeias internacionais. Outra opção é alugar um apartamento na cidade, Hoje em dia é muito fácil alugar pelo Airbnb, principalmente se estiver com família grande.

Outra dica do jornal, que acho um pouco questionável é se hospedar fora da cidade. Com o trânsito atual e preço dos estacionamentos dentro da cidade, acho essa uma dica que exige mais estudo para verificar seu custo x benefício. Eventualmente, pode-se pensar nisso se encontrar um hotel com preço razoável muito perto do metrô, de um jeito que não engesse seus programas.

Não gaste muito com comida

São Francisco é uma cidade cara, mas existe muita comida boa em bairros menos turísticos ou específicos como o Mission District e Japantown.

Quer comer o famoso caranguejo da cidade por um preço bom? Vá à  Nick’s Lighthouse e peça o caranguejo com o pão azedinho ( sourdough bread) no Aquatic Park Cove, o parque em frente à Ghirardelli Square.

Um lugar bom e barato para comer ostras é o  Woodhouse Fish Co., que vende ostras a $ 1 às 3as feiras ou o Plouf, que serve ostras por $ 1 nos dias de semana das 6:30 pm até a hora de fechar.

O Nick’s Lighthouse fica no Fisherman’s Wharf e abre todos os dias das 10:30 am até 10:30 pm. O Plouf fica no Financial District e abre de 3a até sábado das 11:30 am até 2:30 pm ( menos aos sábados) e jantar das 5;30pm até 9:30pm.

dicas para gastar menos em São Francisco

Para mim, a dica de ouro do New York Times foi para os menús degustação do estreladérrimo Quince. O bar serve um menú de 5 pratos por $ 180. Mas, para degustar o menú degustação sentado nas mesas do restaurante, o preço é $ 295, para 8 a 10 pratos.

Passeio pela Baía

O jornal recomenda os passeios de ferry que recomendei aqui e também na volta do passeio de bike pela Golden Gate. São jeitos baratos e super eficientes de apreciar a linda paisagem , fora de rotas dos passeios tradicionais.

dicas para gastar menos em São Francisco

Mas eu discordo quando dizem que o passeio de barco que passa embaixo da Golden Gate não vale a pena. Eua cho o preço bem em contar ( $ 32 adultos e $ 22 crianças) e achei que vale cada centavo, pricipalmente em dias de sol como o que peguei no dia do meu passeio.

Quer conhecer San Francisco comigo e saber as minhas dicas?

Deixe um comentário

avatar
  Assinar  
Notificar de