Dicas Práticas

Nova classe Premium Plus na United

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

A United lançou a classe Premium Plus no dia 30 de março e eu já tive a chance de testá-la no voo São Paulo-Chicago. Saiba aqui se vale a pena fazer esse upgrade. Eu gostei.

Premium Plus da United

Como é a classe Premium Plus da United

Adeus assento conforto e bem vindo a um upgrade real. Um jeito de viajar realmente mais confortável, sem pagar os impagáveis preços das passagens em classe executiva. A nova Premium Plus da United oferece muitas vantagens e não cobra um absurdo por isso. Vejam só:

2 malas despachadas sem custo

Embarque preferencial

Desconto para entrada em alguns United Clubs

Assento bem mais espaçoso com mais espaço para as pernas, para os braços e com maior inclinação

Refeições diferenciadas com cerveja e vinho como cortesia

Travesseiro e cobertor da classe executiva

Fone de ouvido com redutor de ruídos

Assentos com tomadas e USB

Estojo com amenidades

Premium Plus da United

Para efeito de comparação, a Premium Plus tem 96 cm de “pitch”, reclina 15 cm e o assento tem 48 cm de largura. Já a Economy Plus tem 86 de “pitch”, reclina 10 cm e o assento tem 43 cm de largura. Imaginem que a classe econômica tem somente 78 cm de “pitch”. Essa palavrinha mágica “pitch” é o resultado do calculo da distância entre um ponto do assento para o mesmo ponto no assento da frente. Quanto maior o número, masi espaço para as suas pernas. Entre os 78 cm da classe econômica para os 96 cm da Premium Plus, são quase 20 cm a mais. É muita coisa.

Quem curte aviões talvez goste de saber que essa classe estará disponível inicialmente nos Boeing 777-200ER e 777-300ER. A lista oficial de rotas com a Premium Class não inclui o voo entre Guarulhos e Chicago, que, assim como Houston, é feito muitas vezes com grandes aviões. Eu mesma já voei no Dreamliner algumas vezes nessas rotas. Portanto acho que são grandes as chances de não demorar para esta opção se tornar regular.

Como é voar na classe executiva da United

Passagem para San Francisco, que companhia escolher?

Quanto custa voar na Premium Plus?

Para efeito de comparação, um voo entre San Francisco e Tokio custa $ 1961 na classe eonômica ( tarifa mais barata), $ 2237 na econômica flexível ( com mais vantagens e possibilidade de remarcação), $ 2561 na Premium Economy e $ 7841 na classe executiva. Também haverá possibilidade de fazer upgrade com milhas.

Premium Plus da United

Como foi a minha viagem na Premium Plus na United

Confesso que acabei na Premium Plus por pura sorte. Eu tinha reserva para a segunda fila da Economy Plus, no voo São Paulo-Chicago. Eu sempre viajo Economy Plus por causa do meu status com a United ( gente, viajem sempre com a mesma empresa, é muito vantajoso), onde eu não pago nada mais por isso. Qual não foi minha surpresa e entusiamo ( alegria de blogueira) quando vi que estava na Premium Plus, classe que eu já estava super curiosa para experimentar, porque já tinha lido tudo sobre ela.

Meu assento era o 21D ( sempre pego corredor, nas fileiras do meio porque a chance do assento ao seu lado estar vazio é muito maior). Essa fileira ficava logo atrás da classe executiva do avião . Fila da frente é igual a facilidade e rapidez para desembarcar. O meu avião tinha a configuração 2-4-2 e logo me instalei feliz da vida e comecei a explorar.

Premium Plus da United

A diferença na qualidade do cobertor e travesseiro logo me chamaram atenção. O travesseiro é bem maior, com fronha de tecido e não daquele poliester da econômica. O cobertor é cobertor de verdade, o mesmo usado na classe executiva. Em seguida notei que a tela de televisão é bem maior e os fones de ouvido realmente bloqueiam o som ambiente, o que faz muita difença em longos voos. Mas o que realmente me cativou foi a largura da poltrona roxa e preta e o encosto de braço duplo, que acaba com aquela briga com o vizinho para saber quem vai colocar o braço onde. Na parte de baixo do descanso de braço tem um espaço bem eficiente para guardar seu livro, telefone e água, além da tomada USB e conexão para o fone de ouvido. Tentei colocar o meu próprio fone de ouvido, mas a tomada só aceitava dois pinos.

A comida foi a grande decepção do voo. A idéia é oferecer um cardápio diferenciado, com menos luxo que a classe executiva e mais opções que a classe econômica. Mas infelizmente esse cardápio ainda não estava disponível e as opções oferecidas deixaram muito a desejar. O café da manhã veio com frutas, iogurte e um croissant que ao menos dava pra comer.

Premium Plus da United

Achei a poltrona muito mais confortável que a da classe econômica e até da Economy Plus. O espaço para as pernas também é bem melhor e o apoio pra pernas e o descanso para os pés ajudam muito a melhorar a sensação de pernas consadas depois do voo. Consegui me acomodar super bem para dormir, especialmente por causa da largura do assento. Eu sou do tipo que não durmo com as pernas para baixo e ter mais espaço no assento foi perfeito para mim.

Outra coisa que ajuda bastante a dormir melhor é o tamanho da cabine, são somente 3 filas entre a Economy Plus e a Executiva, com os banheiros na parte de trás. Isso quer dizer que quase ninguém transita por aquele espaço, somente as pessoas que já estão ali. Isso torna a cabine mais silenciosa, apesar da minha sorte ( #sqn) de ter 3 crianças no banco atrás de mim.

Vale a pena mesmo?

Na minha opinião, vale pagar 50% mais por um assento na Premium Economy, principalmente em viagens mais longas. Talvez as 10 horas que separam Chicago de São Paulo não sejam tão longas assim. Mas eu não pensaria duas vezes para viagens de mais de 12 horas. Eu nunca seria capaz de pagar uma executiva do meu bolso, porque ficaria sempre pensando o que faria com aquele dinheiro que estou gastando em apenas algumas horas. Mas no caso da nova classe, dá para pensar em termos do custo de uma noite de hotel, o que é muito mais razoável. Não esqueçam também que sempre dá para fazer um upgrade com milhas.

Disclaimer: Esse post não é publi. Viajei pagando todas as minhas despesas e usei a United porque é a companhia aérea onde tenho melhor status.

Deixe um comentário